Você já parou para pensar como analisar fluxo de caixa pode impactar os resultados da sua empresa? Para entender isso e muito mais, neste artigo você vai ler:

 

Saber fazer uma boa gestão financeira é indispensável para toda a saúde do negócio. É isso que garante que haverá capital de giro e que a sua empresa será capaz de arcar com seus compromissos. 

É importante lembrar que a falta de dinheiro também impede o crescimento da organização.

É por isso que o fluxo de caixa é tão importante. Ele permite o acompanhamento da movimentação financeira que está acontecendo atualmente dentro da empresa. 

Quanto de capital está entrando no caixa? Quanto está saindo? São algumas das perguntas que podem ser respondidas ao analisar o fluxo de caixa.

O que é fluxo de caixa? 

O fluxo de caixa é o acompanhamento do capital que entra e sai da sua empresa.

Acompanhar o fluxo de caixa de um determinado período permite que você avalie, por exemplo, se há mais saídas do que entradas financeiras. Ou seja, se a sua empresa gastou mais do que recebeu durante a faixa de tempo analisada. 

O fluxo de caixa também permite que você identifique com o que o capital da empresa foi gasto. Isso permite que você avalie se existem custos que podem ser cortados, por exemplo. 

É indicado que o controle de caixa da empresa seja feito todos os dias, com a anotação de cada custo ou receita. 

Esse tipo de processo vai garantir a veracidade das informações e a segurança do que está sendo compartilhado. 

O fechamento do caixa também é uma prática que pode ser realizada diariamente. Com ela você será capaz de verificar se o que foi anotado realmente corresponde à realidade. 

Ou seja, o fechamento permite que você identifique falhas na atualização do caixa e possa corrigi-las

Especialmente em acompanhamentos manuais do fluxo de caixa, erros como a falta de atualização da planilha sobre um valor que foi retirado do caixa, ainda são comuns. 

Por isso, o fechamento é uma oportunidade de avaliar se as informações estão alinhadas e se há algo que precise de correção. 

Mas, porque fazer diariamente? Porque é mais fácil lembrar do que aconteceu hoje e do que pode ter causado o erro, do que fazer isso em relação a semana toda. Isso torna mais fácil as correções necessárias. 

O que é Demonstração do Fluxo de Caixa?

Ainda falando sobre o conceito de fluxo de caixa é interessante destacar o que é Demonstração do Fluxo de Caixa (DFC). 

Estamos falando de uma ferramenta contábil usada como relatório financeiro que usa como base as informações do Balanço Patrimonial e do Demonstrativo de Resultado do Exercício (DRE)

São consideradas para a construção da DFC as atividades operacionais, de investimento e de financiamento. 

A Demonstração do Fluxo de Caixa lista todas as entradas e saídas financeiras do caixa (caixa físico + contas bancárias) e equivalentes, como investimento de baixo risco e liquidez imediata.

Geralmente, a DFC é feita anualmente pelas empresas, com exceção daquelas que têm capital aberto e que precisam divulgá-la a cada trimestre.

A necessidade de criação da declaração torna ainda mais importante um acompanhamento eficiente do fluxo de caixa por parte da empresa. 

Se você ainda não faz essa gestão, indicamos que faça o download gratuito da “Planilha | Fluxo de Caixa” que criamos para te ajudar a acompanhar sua movimentação financeira diária.

Entre os recursos que você poderá aproveitar da planilha está o acompanhamento de: 

  • recebimentos concluídos,
  • contas a pagar, 
  • contar pagas, 
  • recebimentos futuros, 
  • controle de movimentação diário e mais.

Como analisar um fluxo de caixa?

Entendido o que é e como a sua empresa pode e deve usá-lo, seguimos para compreender como analisar um fluxo de caixa.

O primeiro passo é entender que você vai precisar de uma ferramenta de gestão para o acompanhamento. Esse recurso pode ser um caderno, uma planilha ou um software de gestão

O software é a opção que indicamos porque torna o acompanhamento muito mais simples e rápido. Além de evitar retrabalho e permitir que você acesse diferentes indicadores financeiros que vão contribuir para a estratégia da empresa.

Com a ferramenta de gestão financeira em mãos, você pode começar a analisar o fluxo de caixa. É possível verificar informações como:

  • receitas e despesas, 
  • sazonalidade,
  • previsibilidade e saldo acumulado.

Receitas e Despesas

O fluxo de caixa é a principal fonte de informação para a análise sobre as receitas e despesas da empresa. 

É possível identificar se a sua empresa está ganhando mais dinheiro do que gastando, e isso é fundamental para o sucesso do negócio a curto, médio e longo prazo. 

Para isso, basta subtrair as receitas das despesas e verificar se o resultado é positivo ou negativo. 

Sazonalidade

Alguns períodos do ano são financeiramente mais interessantes do que outros. Ao fazer análise do fluxo de caixa é possível verificar isso e se preparar para tempos de alta e de baixa.  

Previsibilidade e saldo acumulado

Ao acompanhar diária ou semanalmente o fluxo de caixa da empresa é possível fazer uma previsão para os próximos períodos identificando se o caixa irá fechar no negativo ou positivo. 

Por exemplo, se você faz um acompanhamento semanal é possível, em grande parte das situações, prever se o mês irá terminar com saldo positivo ou negativo. 

A informação ajuda, por exemplo, a criar estratégias para mudar o jogo e reverter situações desfavoráveis.

Como fazer análise vertical do fluxo de caixa?

A análise vertical avalia os números totais entre receitas e despesas, dentro de um único período. 

Entre as informações que podem ser retiradas dessa análise está a capacidade de verificar o percentual de representatividade de cada setor da empresa ou a participação de cada unidade. 

Por exemplo, é uma boa análise a ser feita em casos de empresas com filiais ou em negócios com loja física e outra virtual.

Ao analisar o fluxo de caixa verticalmente o objetivo é avaliar os resultados separadamente e a influência de cada um deles no cálculo final. 

Como fazer análise horizontal do fluxo de caixa?

A análise horizontal compara os resultados da empresa ao longo de diferentes períodos

Isso permite uma análise de comparação que contribui para uma avaliação sobre o crescimento ou retração do negócio. Também permite identificar problemas ou oportunidades. 

Como o objetivo das empresas é crescer, é interessante que os indicadores de fluxo de caixa demonstrem isso, ou seja, que o período atual se demonstre mais positivo do que os anteriores. 

Ferramenta para a gestão do fluxo de caixa 

Agora que você já sabe o que e como analisar fluxo de caixa, é hora de se preocupar sobre por onde avaliar

Ter um software online como o QuantoSobra, vai facilitar a gestão financeira da sua empresa, uma vez que atualiza, automaticamente, uma série de informações e quadros. Esses, por sua vez, vão gerar indicadores e insights importantes para a organização, tudo isso sem retrabalho ou ocupar o tempo dos profissionais envolvidos. 

A ferramenta também contribui para a criação de documentos como Declaração do Fluxo de Caixa e DRE, importantes para a contabilidade. 

Além disso, oferece uma lista de gráficos e indicadores, sem que você precise aplicar nenhuma fórmula. 

Tudo isso, oferece uma base de informações que permite que você tome decisões mais assertivas, embasadas em dados.

Conheça o QuantoSobra e faça um teste gratuito do nosso sistema de gestão online. 

testar quantosobra grátis