Neste artigo você vai ler:

 

Os indicadores financeiros no varejo são a parte mais importante da estratégia de vendas do negócio. Não somente isso: é a partir destes índices que você vai poder montar e manter atualizado todo o seu plano de negócios

Com isso, sem ter em mãos estes dados primordiais para a sua empresa, não há como direcionar suas ações para atingir os objetivos traçados por você quando abriu seu negócio.

Como, geralmente, não aprendemos educação financeira na escola, resta ao varejista se informar sobre métricas importantes dessa área depois, quando vai abrir ou já abriu a sua empresa.

Para evitar que você tenha que procurar os principais indicadores financeiros do varejo, a gente selecionou aqui, todos aqueles índices que você deve conhecer para manter sua empresa no eixo, funcionando, dando lucro e direcionada para o sucesso. Vamos entender mais um pouco:

O que são indicadores financeiros

Indicadores financeiros são os índices que apontam em que situação está a área financeira do seu negócio. Estes indicadores podem representar a saúde das vendas, a qualidade da rotatividade de clientes, a porcentagem de lucros, por mês ou por venda, e muito mais.

Os indicadores financeiros no varejo, ajudam o empresário na hora do planejamento e da tomada de decisão, tanto na hora de investir quanto na hora de economizar. Sem estes dados as decisões do empresário ficam sem base e acabam se tornando perigosas para a empresa. Isso porque, como a área financeira é a parte responsável pela sobrevivência do negócio, qualquer erro pode ser fatal. 

Indicadores financeiros no varejo

Qual a importância dos indicadores financeiros no varejo

Além de ajudar o empresário na hora de decidir sobre seus investimentos ou cortes de orçamento, os indicadores financeiros no varejo permitem que o dono da empresa saiba tudo sobre a situação financeira de todas as áreas do negócio.

Como você deve saber, todas as empresas devem ter um planejamento estratégico muito bem definido. Mas, como definir as estratégias para o futuro quando não temos os dados mais importantes do negócio?

Também, na linha de necessidades básicas de uma empresa, está o planejamento financeiro. Entretanto, não é possível ter um bom planejamento dessa área se não temos os dados principais e mais importantes.

Por isso, ter em mãos o conhecimento sobre os indicadores financeiros no varejo vai ser o divisor de águas na administração da sua empresa. Afinal, de posse desses números, você vai ter uma visão geral sobre tudo o que está acontecendo financeiramente no seu negócio e vai tomar as rédeas do direcionamento que cada uma dessas áreas devem tomar.

Indicadores financeiros no varejo: quais são os índices mais importantes para um negócio

Agora que você já entendeu o que são indicadores financeiros e a importância que eles têm para o varejo, chegou a hora de conhecer cada uma deles. Assim, você pode aprofundar sua pesquisa e aperfeiçoar a sua gestão. Vamos lá:

1. Faturamento

O faturamento é um dos principais indicadores financeiros do varejo. Isso porque, este índice reflete o total de dinheiro que entra na empresa. No caso de uma comércio varejista, que tem como fonte de renda somente a venda de produtos, esse indicador aponta quanto estas vendas estão trazendo para o caixa em cada período. 

 Ainda, neste caso, o valor do faturamento também pode apontar o desempenho das vendas, uma vez que elas são a única fonte de renda da empresa.

O cálculo para chegar ao valor do faturamento é bem simples. Basta aplicar a fórmula:

Valor total de vendas X Valor da unidade vendida = Faturamento

2. Margem Bruta

Outro velho conhecido dos indicadores financeiros no varejo, a margem bruta se complementa com o faturamento, que falamos há pouco. Este índice aponta o lucro bruto que a sua empresa teve em determinado período.

O cálculo da margem bruta também é bem fácil de fazer. Basta aplicar a fórmula:

Lucro Bruto / Faturamento * 100 = Margem bruta

Através desse cálculo, você vai conseguir medir o desempenho que a sua empresa está tendo quanto às suas vendas.

3. Margem Líquida

Na mesma linha, a margem líquida também é um dos indicadores financeiros mais importantes para o varejo. Aqui, ao invés de saber valores brutos, vamos analisar os valores líquidos, ou seja, aquilo que realmente fica no seu caixa depois de descontadas as despesas.

Estas despesas podem ser: impostos, descontos, despesas diretas e despesas indiretas. Estes custos estão, inclusive, no cálculo que deve ser feito. Você deve aplicar a seguinte fórmula:

Margem Líquida = Lucro Líquido / Receita Líquida*100

4. Margem de Contribuição

Como você vai ver alguns itens abaixo, na nossa lista de indicadores financeiros do varejo, a sua empresa tem despesas que são fixas, que não variam de mês para mês. A margem de contribuição visa saber o quanto que a venda das suas mercadorias pode contribuir para o pagamento dessas despesas fixas. 

Ou seja, este indicador financeiro aponta que valor você deve colocar em cada um dos seus produtos para que a venda deles possa trazer lucros para o seu negócio.

A gente ensinou tudo sobre margem de contribuição no artigo abaixo, onde você também encontra uma planilha grátis para fazer esse cálculo:

5. Ponto de Equilíbrio

Sabe quando chega aquele momento em que todo o lucro da sua empresa é igual a todas as suas despesas? Então, este é considerado o ponto de equilíbrio de um negócio. Esse indicador financeiro é importante para o varejo porque mostra para o empresário o quanto ele precisa por mês para manter a empresa funcionando. Também mostra quanto tempo o negócio leva para chegar a esse valor em cada período.

Inclusive, a gente tem uma planilha grátis para você calcular o ponto de equilíbrio, no artigo abaixo:

Se você preferia não baixar a planilha, você pode fazer o seguinte cálculo para descobrir o ponto de equilíbrio da sua empresa:

Ponto de equilíbrio = (custos fixos + despesas fixas) / margem de contribuição em percentual.

Se você não sabe o que são custos fixos e custos variáveis, a gente explica mais este indicador financeiro do varejo no item abaixo:

6. Custos Fixos e Custos Variáveis

Mais um dos indicadores financeiros do varejo que é extremamente importante, os custos fixos e os custos variáveis de uma empresa formam a base de funcionamento de um negócio. Como você viu no item de ponto de equilíbrio, para uma empresa seguir aberta é necessário que, pelo menos, os gastos e os ganhos estejam equilibrados. O resto é lucro, como diz o ditado.

Acontece que, para saber se o seu negócio já consegue alcançar o ponto de equilíbrio você deve saber quais são os seus custos fixos e os seus custos variáveis.

Apenas para lembrar:

  • Custos fixos: são os gastos da sua empresa que não se alteram a cada período, como aluguel, folha de pagamento, e todas as outras contas que você sabe que vai ter todo mês sem grande variação de valor.
  • Custos variáveis: são todos aqueles custos que variam de acordo com o seu volume de venda, produção ou demanda.

Tendo em mãos esse indicador financeiro do varejo, você sabe o quanto a sua empresa precisa, oficialmente, para funcionar.

A gente falou tudo sobre custos fixos e custos variáveis no artigo abaixo, que ainda traz uma planilha gratuita para você calcular esses índices:

7. Retorno sobre Investimentos ou ROI

O Retorno sobre Investimento é mais um daqueles indicadores financeiros do varejo que você entende o que é apenas de ver o nome. Este índice representa o quanto você teve de retorno financeiro do que você investiu, seja em uma ação, seja na empresa em si.

O retorno sobre investimento também pode apontar o período de tempo que você leva para receber de volta o valor que investiu em determinada empreitada.

Para calcular o ROI você deve aplicar a seguinte fórmula:

Resultado obtido – Valor do investimento/ Valor do investimento X 100

Apesar de ter um cálculo bem simples, é necessário que você entenda o conceito de Resultado sobre Investimento. Por isso, no artigo abaixo a gente falou tudo sobre o assunto e ensinou o cálculo de maneira mais detalhada:

8. Lucratividade

Muita gente confunde rentabilidade com lucratividade. Porém, quando falamos desse indicador financeiro do varejo, há uma diferença crucial para rentabilidade: a lucratividade tem a ver com a venda de produtos, a rentabilidade é relacionada ao valor dos investimentos que você fez e o quanto eles trouxeram de retorno.

9. Rentabilidade

Como dissemos acima, a rentabilidade se relaciona com os seus investimentos o quanto eles trazem de retorno em cada período de tempo. 

A gente explicou tudo sobre as diferenças entre lucratividade e rentabilidade no artigo abaixo, onde você aprende, também, como fazer o cálculo destes dois indicadores:

10. Volume de vendas

O volume de vendas, quando tratamos de varejo, é um dos indicadores financeiros mais importantes. Para entender:

Você pode avaliar o volume de vendas conquistadas e relacionar com a quantidade de clientes abordados. Assim, você consegue avaliar a eficiência do seu processo de venda e, de quebra, ter em mãos os dados necessários para melhorar este processo. 

índices financeiros no varejo

Enfim, estes 10 itens são apenas os indicadores financeiros mais importantes para o varejo. Evidentemente, existem muitos outros que podem ajudar na gestão do orçamento do seu negócio. 

Você usa mais algum indicador financeiro na sua empresa? Para calcular o que? Conta pra gente nos comentários aqui em baixo.