As vendas são a origem do dinheiro que garante a sobrevivência do seu negócio. É através dela que você garante o pagamento dos custos fixos e dos custos variáveis da sua empresa. Por isso, saber como calcular preço de venda de um produto é um conhecimento primordial para qualquer pessoa que tenha um negócio baseado em comércio de mercadorias.

como calcular preço de venda: planilha de preço de venda

Apesar de ser de conhecimento geral que, para se obter uma margem de lucro ideal para os propósitos da empresa é necessário saber como calcular preço de venda da maneira certa, poucos empresários se atentam a isso. Muitos acabam fazendo a precificação de produtos baseados na intuição ou em cálculos que não correspondem à realidade. 

Muitos, ainda, por não saber a fórmula de preço de venda, acabam copiando os preços dos concorrentes, diminuindo a possibilidade de aumentar seus lucros e, correndo o risco de subvalorizar suas mercadorias. 

O oposto também é válido: pode acontecer de o empreendedor fazer a precificação de mercadorias com valores inflacionados. Isso é: com valores acima do mercado. Evidentemente, isso abre espaço para que clientes da empresa procurem os concorrentes, que sabem precificar seus produtos e têm um preço justo.

Por isso, muitas vezes, sem saber, o empresário coloca a sua margem de lucros em risco e, assim, também coloca sua própria empresa em perigo por não saber precificar suas mercadorias. 

Como o objetivo desse blog é ajudar o empresário a ter sempre em mãos os recursos necessários para o sucesso do seu negócio, a gente desenvolveu este artigo, justamente para que você saiba como elaborar preço de venda de maneira inteligente, sem correr riscos. 

Vamos entender um pouco mais:

Porque é importante saber como calcular preço de venda?

O cálculo do preço de venda é o primeiro passo na hora de planejar os lucros que a empresa deve ter em cada período. Não apenas isso, a importância de saber como calcular preço de venda também está no posicionamento de mercado que uma precificação de mercadorias correta pode trazer.

Vamos explicar com mais detalhes:

Precificação de produtos como posicionamento de mercado

O preço de um produto não está somente atrelado aos lucros que uma empresa têm. Saber precificar produtos também garante que você tenha certo controle sobre como os clientes vêem os seus produtos e, também, o seu negócio.

Um exemplo prático: antes de você abrir a sua empresa, você faz um plano de negócios e um plano de marketing. De acordo com estes planejamentos estratégicos, você definiu que só venderia produtos de qualidade, com boa procedência, feitos com material de primeira qualidade e que garantem conforto para seus clientes.

Quando o fornecedor entrega estas mercadorias chega a hora da precificação de produtos. E agora?

Você concorda comigo que, por serem mercadorias de primeira qualidade, o preço correto para elas deve ser acima do preço de mercado, não é?

Não só porque você quer ter mais lucro com estes produtos, mas porque eles são superiores aos produtos da concorrência. 

Ou seja

A gente não está falando sobre como elaborar preço de venda impacta nos seus lucros. Estamos falando sobre como colocar o preço certo nas mercadorias define o seu posicionamento de mercado.

Se o seu cliente sabe que a qualidade das suas mercadorias é superior, ele não vai se importar em pagar um pouco mais por elas. Essa é, inclusive, um dos pilares das técnicas de fidelização de clientes: o cliente vê o valor da sua marca da mesma maneira que vê o valor dos seus produtos.

Isso não quer dizer, é claro, que você simplesmente deve colocar preços nos seus produtos de maneira inflacionada. Muito pelo contrário! Quer dizer que você deve precificar os seus produtos da maneira certa e justa, tanto para você quanto para seus clientes. 

Precificação de produtos para aumentar os lucros

Por outro lado, o oposto também é válido. Você pode, sim, usar o conhecimento de como calcular preço de venda de produtos para aumentar os seus lucros. Se você já definiu que quer vender mais barato do que a sua concorrência e que esse vai ser o seu diferencial de mercado, vender em quantidade pode ser o melhor foco.

Para aumentar os lucros com o preço de vendas, neste caso, você deve precificar mercadorias para venda em quantidade, retirando seu lucro da quantidade de produtos vendidos e não, da margem de lucro aplicada no valor repassado aos seus clientes.

Também há a possibilidade de você empreender um estudo de mercado e descobrir os preços que os seus concorrentes estão praticando por produtos iguais aos que você vende. Depois disso, você pode precificar seus produtos com uma margem um pouco maior, sem inflacionar demais o valor delas mas, com a garantia de um retorno um pouco maior por unidade. Tudo, é claro, depende da sua pesquisa de mercado e do conhecimento que você tem do seu público. 

O seu público não se importaria de pagar um pouco mais por um produto para não ter que ir um pouco mais longe para comprar da concorrência? Então, talvez você esteja no caminho certo.

Fórmula de preço de venda no comércio: entenda este cálculo e sua importância

A fórmula de preço de venda é baseada em conceitos básicos, que você deve entender para conseguir perceber a importância desse cálculo, tanto para a sua empresa quanto para seus clientes.

Na hora de elaborar preço de venda, você vai levar em consideração quesitos e itens importantes. Isso vai ajudar você a compreender do que a formação de preço de venda é composta e de como o preço é formado. Com isso, você aumenta as chances de tornar a sua empresa cada vez mais competitiva, lucrativa e alinhada com o mercado. 

Vamos entender o que há por trás da fórmula de preço de venda:

Custos

Para os produtos chegarem às suas prateleiras, existe uma série de custos, que podem ser percebidos por você, ou não. Estes custos são divididos em duas categorias:

  • Custo direto: os custos diretos são todos aqueles custos que você tem para fabricar o seu produto. O mesmo vale para o varejo: os custos diretos são todos os valores investidos na compra de mercadorias junto a seus fornecedores. Isso também inclui os impostos que você paga nestas transações.
  • Custo indireto: os custos indiretos são todos os custos que não estão ligados, especificamente. São os custos com a manutenção da sua empresa, como as contas de água, luz, salários de seus colaboradores, aluguel, se for o caso, e outros custos operacionais. No final das contas, estes custos vão ser pagos com o lucro trazido pelas mercadorias vendidas.

Que fazer um controle de custos efetivo e saber para onde está indo seu dinheiro? Baixe grátis a planilha de custos:

como fazer preço de venda: planilha de custos gratis

Margem de lucro

Margem de lucro é a porcentagem que você vai ganhar com a venda de seus produtos e que vão – realmente – representar lucro para o seu negócio. Margem de lucro é aquele dinheiro vindo da venda de um produto,  que fica para a sua empresa depois que você já pagou pelos custos diretos e pelos custos indiretos.

como elaborar preço de venda

Percepção de valor

Lembra que acima a gente falou sobre como o preço colocado no seu produto gera uma visão específica dele? Quando dizemos que um produto mais caro passa para o consumidor a impressão de estar adquirindo algo mais valoroso e requintado, estamos falando de percepção de valor. 

Qual é a percepção que você quer que o seu consumidor tenha da sua empresa?

Qual é o valor que o seu cliente atribui às marcas que você vende?

Esta percepção de valor de que estamos falando está diretamente ligada ao seu método de precificação de mercadorias. Existem produtos que já tem um valor agregado e mais alto, simplesmente por serem de determinada marca. 

Se a marca tem um bom marketing e costuma criar produtos que os clientes gostam e valorizam, isso, por certo, vai poder refletir no seu preço de revenda.

Ou seja, no momento em que você for calcular preço de venda de produtos, você também vai ter que levar em conta esse valor invisível, levando em conta a visão que o seu cliente tem do produto e da marca vendida e, também, a força de mercado dessas mercadorias.

Agora que você já entende todos os aspectos que envolvem o cálculo de preço de venda, vamos à parte efetiva da coisa.

Como calcular preço de venda?

Vamos entender agora, como calcular o preço de venda do seu produto de forma simples.

Lembra que lá em cima a gente falou sobre todos os fatores que estão envolvidos na fórmula de cálculo de precificação? Então! Agora a gente vai usar todos eles para elaborar o preço da sua mercadoria.

Para determinar o preço mínimo que você pode cobrar pelo seu produto, basta somar os custos diretos e indiretos (divididos pelo volume de vendas) e aplicar a margem de lucro sobre este valor. 

Cada tipo de negócio tem sua própria margem de lucro, por isso é interessante que você conheça qual é a margem de lucro aceitável para o seu produto. 

  • A margem de lucro ideal no varejo e nas vendas de roupas é de 4%, geralmente.
  • A margem de lucro na indústria não costuma passar de 5%, uma vez que o volume de vendas é bastante grande, ou seja, você ganha na quantidade.

Cálculo de preço de venda: exemplo:

Se colocarmos num exemplo prático de como calcular preço de venda, imagine que você vende garrafas de água mineral de 500 ml. 

O custo de aquisição por unidade junto ao fornecedor é de R$ 0,80 (incluindo impostos) e as suas despesas administrativas somam R$ 0,50 quando divididas pelo seu volume de vendas. A margem de lucro que você deseja é de 5%. Dessa forma, você tem a fórmula:

Fórmula do cálculo de preço de venda:

Preço de venda = 0,80 + 0,50 + 0,07 = 1,37. 

Viu como calcular preço de venda é fácil?

O preço mínimo que você pode vender essa garrafa de água mineral é de R$ 1,37. Mas, digamos que você vende água mineral na praia de Ipanema, no Rio de Janeiro, por onde passam centenas de turistas todos os dias. 

Esses turistas estão sob um sol radiante, a uma temperatura de 40 ºC, portanto, estão dispostos a pagar mais do que R$ 1,37 por uma água bem gelada. 

O que fazer?

Agora, é o momento de se pensar naquele item que citei lá em cima: a percepção de valor. 

Você percebe que para este turista uma garrafa de água gelada tem mais valor do que teria para uma pessoa que está passando as férias no frio do inverno de Gramado/RS, não é?

Esta percepção de valor permite que você possa calcular o preço de venda da sua mercadoria de forma a trazer uma margem de lucro maior.

Como elaborar o preço de venda neste caso?

1. Faça uma pesquisa de mercado

A concorrência é um ótimo termômetro para você saber se está praticando o preço correto. Passe por algumas mercearias e barracas, pergunte aos vendedores ambulantes, veja quanto a água custa no mercado. Se a concorrência está praticando um preço médio de R$ 2,50, eis a sua chance de elevar a sua lucratividade, regulando o seu preço pelo mercado, afinal, água é água. Perceba que nessa conta você eleva a sua margem de lucro de 5% para 82,48%.

2. Efetue testes

Arriscar faz parte da vida do empreendedor e se você não tentar nunca vai saber qual é a percepção de valor do seu cliente em relação ao seu produto. Se você não tem parâmetros para determinar qual seria o melhor preço de venda para o seu produto, faça um teste! Água na praia vende muito, então, tire duas horas para elevar o preço da sua água e ver se as vendas continuam como antes. Em vez de cobrar R$ 1,37, suba seu preço para R$ 2,00. Aqui você está tentando uma margem de lucro de 31,5%. Deu certo? No dia seguinte, tente chegar aos R$ 2,50.

3. Seja razoável e justo

Por mais que a situação esteja favorável para a sua empresa, ser ganancioso e cobrar um preço muito elevado dos seus clientes pode levar a uma escassez de pessoas querendo comprar de você. Mantendo uma margem de lucro adequada, você pode atingir um público maior e elevar o volume de vendas, ganhando em quantidade e também em visibilidade para o seu negócio.

Como calcular preço de venda de roupas

Então! A principal dúvida de muita gente é: como calcular o preço de venda de roupas. Como sabemos que a maior parte dos leitores do nosso blog é composta por donos de loja de roupa, a gente traz a resposta para esta questão também.

Para fazer o cálculo de preço de venda de roupas o processo é o mesmo que citamos no exemplo ali em cima. Você deve apenas decidir se vai usar a margem de lucros do varejo, de 4% ou se vai usar uma porcentagem diferente.

Isso vai depender, é claro, do tipo de público que você tem, do tipo de produtos que você vende e da pesquisa de mercado que você fizer.

Como calcular preço de venda no Excel?

Ninguém gosta de fazer cálculos manualmente, não é? Por isso, muita gente se pergunta como calcular preço de venda no Excel. Isso porque, as planilhas Excel facilitam muito a vida de quem quer fazer um controle de loja ou de empresa efetivo.

E não só isso: as planilhas Excel têm fórmulas internas que tornam todos estes cálculos, que costumam ser complexos, em cálculos automáticos.

Por isso, para todos que querem elaborar preço de venda de maneira simples, as tabelas acabam sendo a melhor alternativa.

A boa notícia é que você não precisa se preocupar em saber como criar uma planilha de cálculo de preço no Excel. A gente já fez isso por você e disponibiliza aqui, de graça para download.

Você já conhece as planilhas grátis do QuantoSobra e sabe o quanto elas ajudam no dia a dia do varejista. Inclusive, a gente preparou um vídeo para mostrar para você como funciona a nossa planilha Excel para calcular preço de venda grátis. Dá uma olhadinha.

Como você pode ver, a planilha para calcular preço de venda é super completa e serve tanto para você calcular preço de venda de roupas quanto para precificação de produtos em geral.

Para fazer o download da planilha para calcular preço de venda grátis, basta clicar no botão abaixo:

planilha de preço de venda grátis Excel

 

Como calcular preço de venda pode aumentar os seus lucros?

Quantas vezes você já teve prejuízo no final do mês sem saber a origem do vazamento de dinheiro?

Muitas vezes, compramos mercadorias com um bom preço de nossos fornecedores, vendemos bem para nossas clientes e vemos o dinheiro entrar em nosso fluxo de caixa.

Entretanto, na hora do fechamento, acaba faltando dinheiro ou, o lucro não chega nem perto do esperado. 

Onde está a falha?

Entre as várias possibilidades, a falha pode estar na maneira de fazer preço de venda que você optou.

Se você não levar em consideração os itens que citamos lá em cima, como custos diretos, indiretos e percepção de valor na hora de colocar preço nas suas mercadorias, pode acontecer de você precificar seu produto de maneira incorreta, afetando enormemente os seus lucros.

Por isso, esteja bastante atento à maneira de elaborar preço de venda que você escolher. Os seus lucros e a sobrevivência da sua empresa dependem disso.

Inclusive, para ajudar você nisso, a gente criou a planilha de cálculo de lucro por venda. Com ela, você vai saber exatamente o quanto de lucro cada venda está trazendo para o seu negócio. Assim, fica mais fácil saber o momento de redefinir preços ou qual produto pode estar trazendo prejuízos ao invés de lucros.

Para baixar a planilha de cálculo de lucro por venda grátis, basta clicar no botão abaixo:

como calcular preço de venda