Marketplaces: 5 dicas para vender mais

Um dos modelos de comércio eletrônico que mais crescem são os marketplaces. De acordo com estudo da Precifica, esse mercado teve um aumento de 90,7% em 2018, chegando ao número de 14.204 lojas no Brasil. Além disso, segundo a Ebit/Nielsen, a expectativa dos E-commerce é de faturar R$ 61,2 bilhões em 2019.

Os marketplaces são shoppings virtuais onde vendedores de diversas empresas comercializam seus produtos de acordo com a categoria das mercadorias e o segmento de mercado.

Existem várias vantagens para quem investe nesse mercado, como o baixo custo de investimento e simplicidade na gestão. Além de ser uma plataforma pronta para venda, que dispensa a necessidade de criar sua própria loja virtual.

Como esse modelo de comércio eletrônico está se tornando uma tendência no Brasil, aprenda as principais dicas para vender pela internet com marketplaces.

O que são marketplaces?

Os marketplaces são plataformas de venda que funcionam como shoppings virtuais, permitindo que diversas empresas comercializem seus produtos em um mesmo local.

No Brasil, esse modelo é relativamente novo. Surgiu em 2012 e se tornou um grande sucesso no mercado, com plataformas como o Mercado Livre, Lojas Americanas e Submarino.

Por se tratarem de grandes plataformas, muitos clientes querem comprar diferentes produtos e serviços, sendo um atrativo para vários vendedores que comercializam produtos pela internet.

Nessas plataformas, toda a infraestrutura de gastos com hospedagem, identidade visual e divulgação já ficam disponíveis pelos gerenciadores do site, sem a necessidade de pagar por isso.

O único pagamento a ser feito pelo vendedor aos marketplaces é uma comissão por venda, que pode variar de acordo com a plataforma e com o nível de divulgação solicitado durante o seu cadastro.

Existem vários marketplaces no mercado, cada plataforma é voltada para o público-alvo específico. Por isso o vendedor precisa conhecer o seu público para oferecer o que ele realmente deseja.

Vantagens dos marketplaces

Os marketplaces tiveram um impacto positivo no Brasil, inclusive na fidelização dos clientes. Com um diálogo contínuo e ações de pós venda, esse cliente pode ser fidelizado e ao mesmo tempo virar um divulgador da sua marca, ao recomendar a outras pessoas.

Além da fidelização, existem outras grandes vantagens como:

Visibilidade

Muitas dessas lojas cadastradas na internet estão indexadas nos buscadores e tem um ótimo posicionamento nos sites de busca, recebendo milhares e até milhões de acessos por mês.

Buscando maior visibilidade no mercado vários vendedores buscam comercializar seus produtos nessas plataformas de venda, aumentando as chances do produto aparecer nas primeiras posições nos sites de busca.

Praticidade

Outra grande vantagem dos marketplaces é a sua praticidade de operação, pois todo gerenciamento dos anúncios é feito pela própria plataforma.

Isso facilita a administração das plataformas, podendo ser feita com uma equipe reduzida.

Despesas

Pagando apenas uma pequena taxa por venda e sem custos com infraestrutura e segurança do site, o marketplace tem como principal característica o baixo custo de investimento.

Ou seja, os marketplaces só cobram por transação, evitando investimentos desnecessários e incapazes de gerar um retorno.

Além disso a companhia consegue otimizar os seus custos com a equipe, tanto de operação, quanto manutenção da loja.

Dicas para vender nos marketplaces

Depois de mostrar as vantagens dos marketplaces é preciso mostrar as principais dicas para vender seus produtos.

Com essas dicas o vendedor presente nesta plataforma de venda terá mais chances de aumentar as suas vendas e lucratividade.

As principais dicas para alavancar as vendas nas lojas  são:

1 – Crie um título chamativo

Ao fazer uma pesquisa nas plataformas marketplaces o mais atrativo para o cliente é o título do anúncio.

Portanto, utilize todos os 70 caracteres permitidos para que o anúncio fique o mais atraente possível. Fique atento as categorias da loja e pesquise e use tags (termos específicos pesquisados) para aumentar a visibilidade dos produtos na pesquisa.

2 – Pratique preços competitivos

Com um grande número de empresas vendendo o mesmo produto os clientes buscam dois aspectos diferenciais: qualidade e preço.

Por esse motivo, o lojista deve praticar preços competitivos para vender o seu produto e ter resultados.

Para ter uma noção da precificação é necessário fazer um estudo de mercado e monitorar a concorrência.

Com essas informações o vendedor consegue estabelecer o preço do produto, considerando todas as despesas e sem prejudicar sua margem de lucro.

3 – Atendimento ao cliente

O bom atendimento é um dos principais fatores na boa experiência de compra do cliente. Portanto, retorne os e-mails dos usuários com rapidez e responda as dúvidas dos clientes nas redes sociais. Isso ajuda a despertar bons sentimentos no cliente, fazendo ele se sentir respeitado pela empresa.

Essas ações são fundamentais para melhorar o atendimento e a fidelização do cliente. De acordo com pesquisa da Lee Resources, 70% dos clientes que tiveram um bom atendimento tem mais chances de voltar a fazer negócios com a empresa.

4 – Integração dos marketplaces com outras ferramentas

É possível aplicar aos marketplaces uma série de ferramentas automáticas de monitoramento dos produtos.

Essas plataformas já oferecem dados como a quantidade de vendas, data, local do cliente e etc, mas existem ferramentas externas que podem ser usadas, como o CRM (Customer Relationship Management), que serve para armazenar e analisar todos os dados dos clientes.

5 – Divulgue os produtos em outras plataformas

Para quem deseja grandes resultados em pouco tempo deve apostar na divulgação dos produtos em outras plataformas.

A empresa pode divulgar seus produtos nas redes sociais usando dois canais:

Redes Sociais

Crie conteúdos curtos e informativos exclusivos para a mídia social. Isso atinge o público com o conteúdo de alta relevância para compartilhar com seus seguidores.

Blogs

Outra alternativa para divulgar os produtos no marketplace são os blogs. Com intuito de aumentar o tráfego no marketplace pode-se produzir conteúdo de alta relevância sobre o tema, aumentando o engajamento do lead (potencial cliente) e a visibilidade dos produtos.

Com a divulgação dos produtos nesses canais a visibilidade das mercadorias no marketplace irá aumentar junto com o número de acessos e vendas.

Use seus marketplaces para vender mais

A plataforma marketplace é uma excelente ferramenta para conseguir resultados na venda dos produtos.

Os principais benefícios desta plataforma de venda são o baixo custo de investimento e a alta visibilidade que elas proporcionam aos vendedores.

E para ter resultados é necessário chamar a atenção dos consumidores. Começando pelo título do anúncio, que deve ser chamativo e detalhado com o uso de tags relacionadas ao produto.

Outra alternativa para conseguir resultados nessa plataforma é estudar o mercado e a concorrência. Dessa forma fica mais fácil o vendedor estabelecer a precificação dos produtos de forma competitiva, aumentando as chances de vender.

Além disso, a empresa pode usar o atendimento para ter um diálogo próximo com o cliente e para responder às dúvidas dos leitores. Com um bom relacionamento, maiores são as chances dos clientes comprarem novamente do vendedor.

E para fechar, se o vendedor deseja resultados rápidos, deve fazer a divulgação dos produtos em outros canais como redes sociais e blogs. Por meio de conteúdos exclusivos e detalhados as publicações vão chamar a atenção do cliente, tornando-o mais engajado e interessado no seu produto.

Portanto, os marketplaces podem ser a opção para alavancar seus resultados com vendas online.

Esse artigo foi escrito por Mateus Portela, redator do Soluções Industriais.

266 / 281

Deixe uma resposta

Gostou? Compartilhe com a sua rede!

Ajude seus amigos a também aprenderem mais de forma gratuita e vamos fazer do Brasil um lugar com melhores empresas!

Send this to a friend