Emissor NFe: Qual a melhor alternativa agora que o software gratuito da SEFAZ não irá mais funcionar?

A partir de 01 de janeiro de 2017 a Secretaria da Fazenda (SEFAZ) não lançou mais atualizações no Emissor NFe (Nota Fiscal Eletrônica) Gratuito. Com isso, chegou a hora de você, que utilizava o emissor NFe gratuito da SEFAZ, buscar uma alternativa para o seu negócio não parar de emitir NFes.

Segundo a própria SEFAZ/SP, é indicado que os empresários comecem a buscar soluções já agora e não esperem o fim das operações do Emissor NFe para tanto:

“A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo informa que a partir de janeiro de 2017 os aplicativos gratuitos para emissão da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) e do Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) serão descontinuados.
Com a gradual adesão das empresas aos sistemas de documentos eletrônicos, o Fisco Paulista verificou que a maioria dos contribuintes deixou de utilizar o emissor gratuito e optou por soluções próprias, incorporadas ou personalizadas a seus sistemas internos.  No mercado há muitas opções de emissores, alguns deles com uma versão básica gratuita.
Os emissores gratuitos são oferecidos pela Secretaria da Fazenda aos contribuintes desde 2006, quando teve início o processo de informatização dos documentos fiscais e sua transmissão via internet com o objetivo de massificação do seu uso. Apesar dos investimentos realizados, recente levantamento da Secretaria da Fazenda aponta que o total de NF-e’s geradas por empresas que optaram por emissores próprios somam 92,2%. No caso do CT-e, o número é ainda maior: 96,3% dos documentos são gerados por emissores próprios.
Os contribuintes que tentarem realizar o download dos emissores de NF-e e CT-e receberão a informação sobre a descontinuidade do uso dos aplicativos gratuitos. A partir de 1º de janeiro de 2017 não será mais possível fazer o download dos emissores.
A Secretaria da Fazenda recomenda que os usuários que já tenham o aplicativo instalado, façam a migração para soluções próprias antes que a introdução de novas regras de validação da NF-e e do CT-e impeçam o seu correto funcionamento.”

Se você tiver dúvidas sobre como emitir NF-e, leia nosso artigo Emitir NFe: Passo-a-passo como emitir NFe (Nota Fiscal Eletrônica).

Onde buscar uma solução alternativa ao emissor NFe gratuito da SEFAZ?

Uma boa ideia é já começar a buscar uma alternativa ao emissor gratuito de NF-e (nota fiscal eletrônica). Esta mudança pode ser feita sem dores de cabeça e com vários pontos positivos a favor do seu negócio. Um bom exemplo disto é o tempo economizado na gestão financeira, pois o emissor NFe gratuito da SEFAZ sempre gera retrabalho ao emitir uma nota fiscal eletrônica. Para cada nota emitida, os dados financeiros devem ser inseridos manualmente em uma planilha ou em um software de gestão financeira, ou seja, dois trabalhos para uma mesma nota (emissão e cadastro dos dados no controle financeiro).

Na internet você irá encontrar várias soluções de emissão de NFe, nós, é claro, aconselhamos o teste gratuito do QuantoSobra :).

Entenda porque é necessário utilizar um emissor NFe

O Brasil foi pioneiro na modernização do sistema de notas fiscais. Ao lançar o projeto da NF-e (notas fiscais eletrônicas), o país pretende modernizar e facilitar as questões tributárias nacionais. Antigamente era necessário ter um talão de notas fiscais com 3 vias, onde ficava uma na empresa, uma ia para o cliente e a outra, geralmente, era entregue ao contador, para fazer as declarações ao Fisco. No caso da NFe, ao utilizar um emissor NFe você gera um arquivo no formato XML e outro no formado PDF, sendo que estes dois arquivos você não conseguirá gerar manualmente sem uso de um sistema.

Entendendo os arquivos gerados pelo emissor NFe

  • pdfDANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica):

A DANFE é o arquivo com extensão .PDF gerado pelo sistema emissor NFe. Este é o arquivo que você irá abrir para imprimir e entregar como comprovante da emissão ao seu cliente.

Veja o exemplo de uma DANFE:

nfe - danfe

  • xmlXML:

Este arquivo é o arquivo onde constam todas as informações da sua NF-e. Ele é gerado pelo seu sistema emissor de notas fiscais eletrônicas (NF-e) e enviado para a SEFAZ do seu Estado (Secretaria da Fazenda), tudo isto de forma eletrônica. O arquivo é assinado digitalmente por meio de um certificado digital A1 e esta é a garantia que a SEFAZ tem de que este documento realmente foi gerado por você.

Vantagens de utilizar um emissor NFe

Ao realizar a emissão de Notas Fiscais Eletrônicas, você conta com diversas vantagens, como economia de papel, tinta (menos custos e mais sustentabilidade), facilidade no armazenamento das notas emitidas, agilidade nos processos internos por meio de integrações com software de emissão que facilita seus controles financeiros, de estoque, clientes etc.

A economia de tempo gerada no seu dia-a-dia torna qualquer mensalidade de sistema algo irrelevante. Digamos que você tenha um custo de hora de um empregado de R$ 50,00. Se o seu empregado demorava 1 hora para tirar 3 a 5 notas fiscais e lançar tudo isto em uma planilha de controle financeiro e de estoque, agora ele poderá, dependendo do tamanho das notas e da agilidade do seu software (e do seu empregado), utilizar apenas alguns minutos para fazer tudo isto.

Aumentando a eficácia e também acertividade pois não haverão brechas para erros de lançamentos.

Em dúvidas se deve esperar o fim do Emissor NFe gratuito? Aconselhamos que você comece a migração para um outro software agora mesmo, pois assim você não deixa para a última hora e impede que a correria para emissão das notas faça você cometer erros que possam terminar lhe gerando multas.

Ainda, deixar para a última hora não é uma boa pois é necessário fazer o cadastro dos produtos, clientes etc e será necessário uma mão de obra parada por um bom tempo só fazendo isto. Se você começar agora, poderá ir fazendo aos poucos, de forma gradativa, sem onerar muito o seu pessoal!

Software para Emissão de NF-e QuantoSobra

Agora que você já sabe que deverá buscar uma alternativa para o emissor NFe gratuito da SEFAZ, sabendo que é possível ter um sistema que faça a emissão das suas notas fiscais eletrônicas e ainda por cima integre tudo isto de forma fácil e rápida com seu estoque, financeiro etc, que tal testar o QuantoSobra?

O QuantoSobra é um sistema de gestão online que foi feito para micro e pequenas empresas como a sua! A organização do seu setor financeiro e de suas notas fiscais ficarão impecáveis, além de ter economia de tempo e dinheiro, você terá mais controles, pois terá rastreio de todas suas vendas e compras, bem como pagamentos e recebimentos.

Ainda, você poderá ter diversos relatórios e indicadores que irão ajudar você a crescer a sua empresa, mesmo na crise!

Teste agora mesmo, gratuitamente e comprove que o QuantoSobra é a melhor alternativa para você substituir o emissor NFe. Experimente grátis!

Teste gratuito

83 / 233

1 Comment

  1. Camila 5 de novembro de 2018 at 15:03

    Gostei muito das dicas do que fazer agora que o emissor não funciona mais. Não tem como ficar sem emitir notas fiscais e deixar de atender os clientes. Pensar em um sistema de gestão integrado a um emissor de notas fiscais é muito interessante e realmente parece otimizar muito as rotinas dos empresários e funcionários. Compartilho um conteúdo muito interessante sobre usar um sistema de gestão ou planilhas para gerir a empresa. (link removido pelo moderador)

Deixe uma resposta

Gostou? Compartilhe com a sua rede!

Ajude seus amigos a também aprenderem mais de forma gratuita e vamos fazer do Brasil um lugar com melhores empresas!

Send this to a friend