Neste artigo você vai ler:

O empresário do varejista precisa de um cadastro Sintegra para manter as suas atividades legalizadas em vários aspectos. Por isso, saber o que significa, o que faz e qual a importância do Sintegra é o primeiro passo na hora de deixar a sua empresa em dia com suas obrigações fiscais.

Como o Sintegra faz parte da informatização das informações sobre a contribuição do ICMS, o empresário deve ter essa sigla em mente quase diariamente. Além disso, entender os benefícios que o cadastro Sintegra traz para a sua empresa pode representar uma base sólida na legalização do seu negócio. Abaixo, vamos entender mais a fundo.

O que é Sintegra

O Sintegra é o Sistema Integrado de Informações Sobre Operações Interestaduais com Mercadorias e Serviços. Como o nome indica, este sistema tem o objetivo de centralizar todas as informações das contribuições fiscais e encaminhar para as Secretarias da Fazenda de cada respectivo estado.

Em resumo: para que a Receita Federal seja informada sobre os impostos que a sua empresa pagou em cada transação, estas informações devem ser repassadas ao Sintegra, que vai entregar estes dados para a SEFAZ e para a Receita Federal.

Com isso, o contribuinte tem assegurada a legalidade dessas transações. Como aqui, estamos nos referindo a contribuições de ICMS, estas transações são de entradas e saídas interestaduais de mercadorias.

Para que serve o Sintegra

Para entender que uma empresa está em dia com as suas contribuições, o Governo criou sistemas que fazem a conferência dessas contribuições. O Sintegra é uma dessas ferramentas de controle. Sem o Sintegra, o empresário não pode fazer a emissão de notas fiscais, por exemplo. Isso porque, é através destas notas que o pagamento de determinados tributos é documentado.

Depois de documentado, cada tributo é unificado pelo Sintegra, é claro, e é enviado para as secretarias responsáveis, como foi dito acima.

Sintegra: como fazer o cadastro

O cadastro Sintegra é obrigatório?

Sim, o cadastro Sintegra é obrigatório para todas as empresas que comercializam mercadorias ou fazem a prestação de serviços. Como o Sintegra está ligado à tributação do ICMS, a obrigatoriedade se estende a todas as empresas que pagam este tributo.

Como fazer o cadastro Sintegra

Para fazer o cadastro Sintegra você deve acessar o site da Secretaria da Fazenda do seu estado ou no site do Sintegra, e baixar o programa que é disponibilizado lá. Este programa, conhecido como programa validador, vai dar as instruções necessárias para que você proceda a sua adesão ao Sintegra.

O que eu devo preencher no cadastro Sintegra?

Uma dúvida muito comum é que informações devem ser colocadas no cadastro Sintegra.

Caso seja o seu primeiro acesso ao sistema, você deve cadastrar o seu CNPJ ao sistema e solicitar a sua integração ao Sintegra.

Depois disso, já vai ser possível preencher o documento com as informações sobre todas as suas transações de compra e venda ou prestação de serviços, tanto dentro quanto fora do seu estado.

Este documento pode ser, inclusive, criado por um programa não oficial, desde que seja, depois, validado pelo programa do Sintegra, que vai enviar esta documentação para a Secretaria da Fazenda do seu estado.

Qual a importância do Sintegra

O Sintegra não representa uma vantagem somente para os empresários. É uma relação de benefícios mútuos, tanto para os donos de empresa quanto para o Governo. 

É através do Sintegra que a sua empresa vai garantir que está fazendo suas contribuições de acordo com a legislação. Com isso, o Governo tem em mãos todas as informações que precisa para que haja menos burocracia em seus processos.

Além disso, o sistema informatizado garante mais organização na parte fiscal, tanto do Governo quanto da sua empresa.

Como o empresário também depende do Sintegra para fazer a emissão de suas notas fiscais, o seu cliente final também acaba beneficiado, uma vez que as Notas Fiscais são a garantia que o cliente tem em cada compra ou serviço que pagou.

 

Bastante simples, não é mesmo? Agora você já sabe tudo sobre o Sintegra. Não deixe de comentar abaixo sobre a sua experiência com o sistema.