RH 3.0: entenda a importância para sua empresa

O setor de gestão de pessoas passou por diversas transformações, de uma área operacional para um setor estratégico e tecnológico. Hoje vivemos o RH 3.0. Segundo a Deloitte, 56% das empresas já estão em processo de adaptação, migrando seus processos para configuração ágil e tecnológica encontradas no HR Tech.

Recursos Humanos é a área que mais passou por inovações nos últimos anos. Com a chegado de novas tecnologias, inteligência artificial e algoritmos, o profissional de RH precisou se adaptar para não perder o seu espaço.

A primeira “versão” da área de recursos humanos, chamada de RH 1.0, tinha foco nas atividades, priorizando as leis trabalhistas e sistema burocrático. Nesse momento, o profissional de RH garantia que os deveres e promessas feitas pelas empresas aos candidatos fossem cumpridas após a contratação.

Já o RH 2.0 houve uma presença muito mais constante do gestor em partes administrativas importantes do negócio, de forma mais estratégica e com ênfase na atração, retenção e motivação de talentos. Foi nesse momento que surgiu o termo business partners, responsáveis pelos processos de gestão de pessoas.

O que é RH 3.0?

A área de Recursos Humanos precisou evoluir e se adaptar para acompanhar o ritmo das empresas. Em meio a automatização de sistemas e métodos ágeis, o setor precisou rever suas práticas e processos.

Também chamado de HR Tech, a nova configuração é uma evolução do modelo tradicional de Recurso Humanos. Em outras palavras, é o uso de tecnologia para aumentar a performance das áreas de RH. As plataformas digitais, as quais auxiliam no recrutamento são exemplos de tecnologias do novo modelo.

Na nova configuração, o profissional de RH utiliza intensamente as tecnologias disponíveis ao seu favor. Diante de um grande volume de informações, as ferramentas digitais auxiliam tanto na organização quanto na análise de comportamento digital das pessoas.

No cenário atual brasileiro, muitos profissionais de RH ainda não possuem profunda experiência com temas de desenvolvimento, como analytics. Outro desafio enfrentado pela área é a falta de investimentos em tecnologia.

Importância do RH 3.0 para sua empresa

A corrida empresarial torna-se cada vez mais competitiva e é muito difícil manter essa competitividade sem usar tecnologia, principalmente na gestão de pessoas. Confira fatores que tornam o RH 3.0 importante para seu empreendimento.

Otimização da comunicação interna

Nos modelos antigos, os gestores mantinham foco na comunicação externa, uma forte e exclusiva relação com clientes. Na nova configuração, as tecnologias contribuem para implantação de canais digitais, as quais facilitam a comunicação com colaboradores.

Controle de resultados

Dados desorganizados complicam nossa vida para criar planos. As ferramentas de automação usadas pelo RH 3.0 facilitam o processo. Dessa maneira, é possível dispor dados e relatórios completos com pouca interferência humana.

Recrutamento e seleção de talentos

Plataformas digitais e fluxo de candidatos são alguns recursos do RH 3.0, os quais solucionam dores do setor de recrutamento. Os elevados números de currículos desalinhados resultam em perda de tempo e dor de cabeça para esses profissionais.

O mercado de TI é um dos mais beneficiados com o novo método de seleção. Contratar desenvolvedores é muito difícil, principalmente para quem não possui conhecimento sobre o assunto. Cada programador tem habilidades específicas e as novas tecnologias facilitam o processo, filtrando e selecionando candidatos, deixando o processo simples e ágil.

Como implantar o RH 3.0?

Para colocar em prática o novo modelo de Recursos Humanos não basta apenas incluir tecnologia. É preciso construir uma cultura empresarial que valorize dados e busque por melhorias contínuas.

No RH 3.0, é muito comum a convergência de setores, dessa maneira é possível unir a área de recursos humanos com marketing, podendo construir estratégias de endomarketing, employer branding, etc…

Outro ponto de muita relevância é aprender a trabalhar com dados. Como dito anteriormente, as ferramentas do RH 3.0 criam relatórios frequentemente sem interferência humana. Saber o que fazer com os números garante criar e colocar em prática novos projetos e planos bem-sucedidos.

O gestor na nova configuração deve estar engajado às novas tendências e notícias sobre ferramentas de automação e métodos ágeis. Além disso, manter contato direto entre o RH com a área de tecnologia auxilia no processo de implantação de novos recursos de processos.

Gostou do conteúdo? Utilize os comentários para deixar suas dúvidas, feedbacks ou sugestões.

Este é um guest-post escrito pela equipe da ProgramaThor, plataforma digital de recrutamento exclusiva para desenvolvedores. Contrate os melhores programadores gratuitamente!

Tags In
206 / 277

Deixe uma resposta

Gostou? Compartilhe com a sua rede!

Ajude seus amigos a também aprenderem mais de forma gratuita e vamos fazer do Brasil um lugar com melhores empresas!

Send this to a friend