PDV: O que é e como vender mais com ele | Dicas para Ponto de Venda

Segundo o site Falando de Varejo, o PDV pode ter diferentes definições:

O varejista ou revendedor, entende que ponto de venda seria sim seu próprio espaço, sua loja ou ponto de distribuição, ou seja, o local no qual seu cliente realiza suas compras, também carinhosamente chamado de “chão de loja”. Já no caso de alguns fornecedores, como empresas de equipamentos de loja e softwares de gestão e ERP, a palavra PDV pode servir para designar a quantidade de caixas, ou checkouts de uma loja. Ponto de venda, nesse caso, é o local onde a venda é finalizada.Pessoalmente acredito que a melhor definição para Ponto de venda, ou PDV, pode ser definida como “o local ou meio no qual a marca entre em contato com o shopper ou seu consumidor.

Para o QuantoSobra, o PDV é o Ponto de Venda, também conhecido como Frente de Caixa. Para nós, é nele que os vendedores irão realizar os lançamentos de venda do estabelecimento onde trabalham. Geralmente com o uso de um computador ou tablet para o lançamento da venda no sistema de gestão para lojas.

Em muitas lojas o procedimento é padrão, o cliente pega os produtos que gostaria de comprar e vai até o PDV acompanhado de um vendedor, ou, muitas vezes, o PDV é onde fica o caixa da loja que irá receber os produtos, ler com o código de barras, lançar a venda, passar o valor total para o cliente e receber os pagamentos.

O PDV geralmente é composto por um computador ou tablet, uma impressora térmica não fiscal, como a EPSON TM-T20, e um leitor de código de barras. Estes são os equipamentos básicos. Além destes, pode-se ainda ter um TEF (máquina para vendas em cartão de crédito), uma impressora de etiquetas, como a Argox OS 214-Plus, e uma gaveta de caixa.

PDV

Já para o Wikipedia, PDVé um local onde um produto é exposto de forma permanente, independentemente de sazonalidade ou promoção em que sejam oferecidas, por tempo limitado, vantagens adicionais aos consumidores”.

PDV: Como vender mais utilizando o seu ponto de venda

Em nosso artigo Como vender mais na sua loja utilizando o seu caixa listamos várias formas que você pode vender mais no seu PDV. É importante fazer uma boa escolha dos produtos que você deixará exposto no seu balcão ou PDV.

A venda no PDV pode ser utilizada como uma boa técnica para aumentar o ticket médio das suas vendas por conta do que chamamos de “compra impulsiva”. O cliente vê o produto, acha ele barato e coloca junto no “cesto” de compras.

Por isso é importante ter um preço muito acessível, de forma que o cliente não precise ficar pensando se compra ou não.

Ainda no mesmo artigo, falamos sobre o design de um PDV, a sinalização dentro da loja e outras sugestões que podem lhe ajudar. Confira!

PDV: Como potencializar o check out

Na revista Conexão Varejo, do Sindilojas POA, Eduardo Terra comentou em seu artigo “Potencialize o check out” que todo o processo que ocorre no PDV pode prejudicar ou potencializar uma venda e toda a experiência de compra do consumidor.

Eduardo trouxe dados interessantes, como por exemplo, que 88% dos consumidores não estão plenamente satisfeitos com a experiência no caixa de uma loja, pois gostariam que esta fosse mais rápida.

Ainda, 50% deles disseram que o processo lento e as grandes filas são as principais barreiras ao realizar uma compra. Ademais, 61% dos clientes alegam que os operadores de caixa estão muito mais preocupados em lançar a venda realizada do que em satisfazer o consumidor.

O dado mais alarmante, na nossa percepção, é que 30% dos entrevistados disseram que se sentem um peso para o funcionário quando chegam no balcão da loja com um carrinho cheio.

Estes dados demonstram o quanto é importante você olhar para o caixa da sua empresa e pensar na experiência do seu cliente ao chegar para finalizar a compra, pois tal experiência pode prejudicar a boa impressão que seu cliente pode ter de você. Além disso, a região do seu PDV tem um potencial enorme de ser mais bem aproveitado, pois pode gerar um volume de vendas por impulso muito grande, conforme já falamos neste artigo.

Eduardo acredita que esta área pode ser responsável por 10% das vendas de uma loja, graças a compra por impulso (que é a famosa compra não programada, aquela onde o cliente vai comprar 100 reais e acaba gastando 120 pois colocou um produto a mais na sua cestinha). Ainda, é importante salientar que nem todos os produtos são adequados para esta área, conforme se pode ver no artigo:

Para construir adequadamente essa área, muita coisa tem que ser levada em conta, como o tamanho total da loja e o tipo de produto que ela vende. Segundo Eduardo, uma loja de vestuário jamais deve colocar uma roupa para venda nessa área. No check out devem estar produtos de impulso, de baixo valor agregado e que tenham vocação para esse tipo de compra não planejada, pois não exigem muita pesquisa antes de serem adquiridos.

É importante ressaltar que o PDV precisa de uma organização e de estímulos dos funcionários do caixa para que as vendas se concretizem. Não significa importunar o cliente quando ele só quer pagar e ir para casa, mas de tornar a pessoa que opera o caixa integrante desse processo todo, criando metas de vendas e mantendo as gôndolas ao redor da área do PDV sempre com produtos.

Confira este artigo na íntegra, faça o Download da Revisa Conexão Varejo diretamente no site do Sindilojas POA: Baixar Revista.

Sistema PDV: Uma sugestão para você!

Você está procurando por um software de frente de caixa/ponto de venda (PDV)? Que tal testar o QuantoSobra? Nele você pode:

  • Emitir documentos fiscais;
  • Controlar seu estoque;
  • Controlar suas finanças;
  • Fazer filtros para ver quais clientes não estão mais lhe comprando e fazer campanhas de marketing;
  • Gerenciar suas contas a pagar e a receber;
  • Controlar seu fluxo de caixa;
  • Fazer pré-vendas ou vendas condicionais;
  • Emitir carnês;
  • Imprimir etiquetas;
  • E muito mais!

Fácil de usar e com um preço ótimo, você poderá controlar toda sua loja e ter muita agilidade no seu PDV, facilitando e diminuindo as suas filas!

Ainda, é possível integrar ele com balanças, imprimir etiquetas nas impressoras Argox OS 214 Plus, imprimir em impressoras comuns e térmicas não fiscais.

Um sistema PDV como o QuantoSobra pode ajudar o dia a dia da sua loja, que tal fazer um teste agora mesmo?

Teste gratuito

Tags In
114 / 314

4 Comments

  1. Edmilson Augusto dos Santos 24 de agosto de 2017 at 13:38

    Boa tarde ! Estou pesquisando para futuro ( final do ano ) abrir loja de assistência de celulares e acessórios diferenciada
    na minha cidade Prata-MG. E me interessou o sistema PDV automatizado , e todo processo como nota fiscal etc……
    Gostaria de saber no meu novo ramo conserto e venda de acessórios ,quanto ficaria ?

    1. Stéfano Willig 30 de agosto de 2017 at 12:10

      Bom dia Edmilson, tudo bem? Você pode ver nossos preços aqui https://www.quantosobra.com.br/planos-e-precos/
      A partir de R$ 54,00 mensais.

  2. Mauro Bianchi 31 de dezembro de 2018 at 00:17

    Boa noite
    Quanto custa o programa

    1. Cássio Müller 2 de janeiro de 2019 at 12:52

      Olá, Mauro! Tudo bem?

      Os valores de nossos planos variam de acordo com o número de notas fiscais que você precisará emitir mensalmente na sua empresa. Temos também, um plano sem emissão de notas, por um preço mais acessível, disponível para contratação.

      Você pode consultar todos os nossos planos e preços, entender sobre as funcionalidades do sistema e ainda fazer um teste gratuito por 10 dias neste link: https://www.quantosobra.com.br/teste-gratuito-lp/

      Qualquer dúvida estamos à disposição! Abraços

Deixe uma resposta

Gostou? Compartilhe com a sua rede!

Ajude seus amigos a também aprenderem mais de forma gratuita e vamos fazer do Brasil um lugar com melhores empresas!

Send this to a friend