Redução de custos não é o bicho de sete cabeças. Confira estas 4 dicas!

Em um cenário empresarial cada vez mais competitivo, otimizar as operações, melhorar a eficiência e reduzir os custos são providências essenciais para as empresas que desejam se manter em alta no mercado. Adequar-se a esta nova realidade, ainda bem, não é um bicho de sete cabeças. É possível reduzir custos de uma forma simples, mudando alguns processos no dia a dia. Confira algumas dicas:

Levante e analise os principais custos da empresa

Quando o assunto é redução de custos, muitos gestores partem logo para o radicalismo: começam a fazer cortes a torto e a direito, do cafezinho ao telefone, sem nem mesmo avaliar se aquele ajuste é necessário. Cortar custos relativos ao bem-estar dos funcionários, por exemplo, pode ser um tremendo tiro no pé, pois terá um reflexo direto na produtividade.  Por isso é essencial, fazer uma avaliação de todos os custos para não correr o risco de cortar recursos que sejam prioritários para os bons resultados da companhia. O primeiro passo para uma redução de custos eficaz é colocar no papel todos os custos da empresa. A partir daí, buscar manter um histórico deles. Ao analisar estes dados, realize cortes nos custos que não têm influência decisiva nos resultados e nos lucros da organização. Lembre-se que é preciso revisar mensalmente estes dados e reavaliar o que vale a pena ou não manter.

Comece pelas pequenas coisas

Pequenas mudanças podem fazer toda a diferença na conta no final do mês. Existem itens que, isolados, podem não custar muito, mas a longo prazo podem ter um impacto e tanto nas finanças.  O sabonete usado no banheiro, por exemplo, não precisa ser o mais caro do mercado. O material de limpeza pode ser comprado a cada três meses em vez de semanalmente, havendo a possibilidade de negociar um bom desconto caso compre os itens a granel. Outra forma bastante eficiente de reduzir custos é cortando no papel: implemente uma cultura que evite o desperdício, mostrando que nem sempre é necessário imprimir e-mails ou outros documentos. Com esta medida você corta custos não só com papel, mas também com tinta.

Aposte na parceria com fornecedores

Outra forma eficaz de reduzir custos é buscando sempre as melhores alternativas de preço com seus fornecedores. Sempre faça cotação com mais de um parceiro ou, melhor ainda, invista em concorrências sempre que precisar de um produto ou serviço. Desta forma, você sempre garantirá que está optando pelo melhor preço. Trocar ideia com seus fornecedores de confiança também é uma forma de reduzir custos, já que estes parceiros podem melhorar as condições de compra em nome da relação comercial, além de sugerir outros produtos e serviços mais em conta para adaptar-se a nova realidade.

Envolva seus funcionários

Quem está envolvido no dia a dia operacional da companhia pode contribuir e muito no esforço em cortar custos. Estimule seus funcionários a contribuírem com ideias que podem ajudar a reduzir o desperdício e, consequentemente, os custos da companhia. Além de promover a integração e o envolvimento dos colaboradores com a empresa você pode melhorar processos e tornar o dia a dia mais produtivo para todos.

Mudar é preciso. A saúde financeira da sua empresa agradece. E se você perceber que precisa ter um controle melhor das finanças da sua empresa, para medir e planejar melhor sua redução de custos, entre em contato com a gente!

9 / 277

Deixe uma resposta

Gostou? Compartilhe com a sua rede!

Ajude seus amigos a também aprenderem mais de forma gratuita e vamos fazer do Brasil um lugar com melhores empresas!

Send this to a friend