5 dicas para conseguir investimento para a sua startup

Por sua natureza, o ramo de startups é bastante arriscado e exigem investimentos por parte de financiadores acostumados com o risco. No entanto, com o risco, também aumentam as chances de sucesso e de retorno dos rendimentos. Mas como conseguir investimentos para essas ideias tão inovadoras? As estratégias de financiamento de startups funcionam sob uma lógica diferente, por isso é importante que você leve em consideração nossas recomendações:

1 – Elabore um plano estratégico para sua startup

Ideias podem ser boas no papel, mas necessitam ser também executáveis. Uma boa equipe, motivação e grandes ideias são apenas o primeiro passo para o sucesso de sua startup. É necessário demonstrar a eventuais investidores o valor de sua ideia e as potencialidades do negócio. Para isso, é preciso fazer protótipos, lançar versões experimentais, provar que o serviço ou produto que você pretende vender tem potencial de mercado, enfim, “colocar a mão na massa”. Mostre aos investidores do que sua ideia é capaz, dando clareza e executabilidade a sua proposta!

2 – Conheça bem seu mercado

Ainda que as ideias sejam inovadoras, os mercados já existem e estão em plena dinâmica de atuação. Para não deixar a inexperiência e eventuais inaplicabilidades de seu produto ou serviço atrapalharem sua oferta aos investidores, conheça bem seu mercado. Pesquise perfis de usuários, analise os padrões de consumo e converse com clientes em potencial. Se possível, realize pesquisas de mercado e identifique seus concorrentes.

3 – Escolha a equipe ideal

No mercado de startups, o empreendedorismo, o espírito inovador e a criatividade são, muitas vezes, mais importantes até mesmo que a estrutura física da empresa. Por essa razão, é importante que você escolha bem sua equipe de profissionais. Procure montar um time versátil, heterogêneo e com pessoas que compartilhem dos valores de sua empresa. Avalie bem suas competências e acredite no potencial de sua equipe!

4 – Elabore uma apresentação original

Para isso, não é necessário muita pirotecnia, basta ser objetivo. Em sua apresentação a investidores, responda essas perguntas básicas: qual é a utilizade de seu produto ou serviço? Como ele será executado? Qual é o perfil do consumidor que você pretende alcançar? Como será o marketing de seus negócios? Qual é a expectativa de rendimentos? Quanto é necessário investir para colocar em prática suas ideias? A partir das respostas para essas perguntas, seus investidores terão as informações necessárias para iniciar os processos de negociação de financiamento.

5 – Encontre o investidor certo para sua startup

No ramo das startups, não adianta buscar investidores conservadores, que são pouco afeitos a risco e exigem lucro certo. Algumas ideias nesse formato comercial realmente não vingam, por isso há chances de fracasso. No entanto, investidores com perfil mais ousado e empreendedor, se percebem o potencial de sua ideia, podem considerar esse um ótimo investimento. Para atrair os investidores certos, converse com outras pessoas em seu ramo de atuação, frequente eventos da área e espalhe sua ideia!

Gostou de nossas informações? Já está pronto para buscar o financiamento de sua startup? Deixe suas dúvidas e comentários aqui!

 

17 / 237

1 Comment

  1. Tudo o que você precisa saber sobre fluxo de caixa 18 de julho de 2017 at 17:10

    […] como a tomada de empréstimos (para cobrir eventuais desfalques financeiros) e a realização de investimentos. Se há sobra de dinheiro e não há contingenciamento de verbas, por que não investir em algum […]

Deixe uma resposta

Gostou? Compartilhe com a sua rede!

Ajude seus amigos a também aprenderem mais de forma gratuita e vamos fazer do Brasil um lugar com melhores empresas!

Send this to a friend