5 dicas importantes sobre custos que vão ajudar seu negócio a crescer

A postagem de hoje é feita pela nossa convidada Dena Enos.

Não importa em que fase sua empresa está, mas gerenciar custos é uma parte crítica na condução do crescimento. Na hora em que você pensa que as despesas estão controladas, uma fatura aparece na caixa de entrada ou um novo item na linha de produção faz seu orçamento mensal ser 30% maior que o esperado. Para muitos de nós é um desafio saber como equilibrar esses custos entre as demandas do dia a dia da gestão do negócio. Aqui estão 5 dicas na área de custos que merecem sua atenção hoje e vão realmente ajudar a dimensionar o seu negócio.

  1. Custo de aquisição de clientes

É crucial entender quanto dinheiro sua empresa investe para cada novo cliente fazer uma compra. Muitas vezes encontramos abreviações como CPA (custo por aquisição) ou COCA (originalmente do inglês cost of customer acquisition, ou seja, custo de aquisição de cliente) no material disponível sobre o assunto. Uma empresa pode verificar seu progresso ao longo do tempo para saber se está mais eficiente para adquirir novos clientes.

 Isso pode ser tão básico como o acompanhamento de um anúncio no Google Adwords analisando quando se gasta com cliques de uma palavra-chave ou tão simples como verificar quantos clientes entraram em sua loja para resgatar uma oferta por tempo limitado que foi feita através de panfleto.

 É importante diversificar a sua estratégia de aquisição para limitar o risco em seu negócio. As fontes para novos clientes podem tornar-se mais caras ao longo do tempo, deteriorar-se em qualidade ou até mesmo secar completamente. Esteja preparado para a contrações inesperadas explorando de forma consistente novas maneiras para atrair clientes.

  1. Orçamento para marketing offline

Investir em uma estratégia de fortalecimento de marca offline pode inicialmente parecer que serve apenas para companhias gigantescas e globais como a Coca Cola ou a Apple, mas é relevante para empresas de qualquer tamanho. E também pode ser realizado com um orçamento modesto. Fortalecimento de marca pode ser tão simples quanto quatro banners médios com o logotipo de sua empresa, informações de contato e slogan colocados no gramado em frente aos escritórios onde cada unidade de sua companhia funciona. Cada vez que você entrega um cartão de visita a um cliente com as informações da firma nele, está fazendo marketing offline de seu negócio.

Em primeiro lugar, descubra como você deseja classificar os custos. A chave é rastrear as compras que sua empresa faz todos os anos para ampliar sua visibilidade. Ao se comprometer financeiramente para tornar seu negócio mais visível em 2015, você está investindo em seu crescimento e dedicando recursos para gerar continuamente novos clientes.

  1. Orçamento de marca

Com demasiada frequência as empresas poupam na construção da marca por causa do custo inicial e da dificuldade associada com a forma de controlar o seu efeito sobre o negócio. A criação de uma marca pode ser realizada em dramaticamente diferentes faixas de preços, com opções que abrangem desde o serviço completo de agências de criação, a contratação de designers gráficos ou então recorrer a produtores de logo online que permitem que o próprio empresário faça o trabalho. Não importa o custo final, o design de um logotipo profissional pode adicionar instantaneamente uma sensação de credibilidade e responsabilidade para uma empresa. Não deixe esse custo fora de seu planejamento anual, mas defina um valor que faça sentido dentro do orçamento geral de seu negócio.

Dica bônus: tire melhor proveito de seu logo o integrando em todos os aspectos da identidade visual de seu negócio tanto offline quanto online. Isso inclui os uniformes dos funcionários, cartazes, banners, faixas, papel timbrado, envelopes,  faturas, o seu site, a conta no Twitter, perfil da empresa no Facebook e muito mais!

  1. Custo das mercadorias vendidas

Essa é uma métrica chave que pode não ser aplicável para todos os negócios. Quando há um produto ou bem a ser fabricado ou criado é fundamental contabilizar todos os custos incorridos na sua elaboração. Esse preço deve ser deduzido da receita gerada com a venda do produto, além de quaisquer custos de marketing que foram feitos para levar à venda. Você não pode obter uma clara imagem de como sua empresa está indo financeiramente sem ter noção dessa área essencial.

Dica de especialista: pode levar muito tempo para calcular com precisão o custo das mercadorias vendidas em seu negócio diariamente ou semanalmente. Economize tempo realizando uma estimativa semanal e faça um fechamento dos livros com detalhes meticulosos no final de cada mês.

  1. Treinamento e desenvolvimento dos empregados

Sua equipe é a espinha dorsal de suas operações. É fundamental investir no crescimento e desenvolvimento de seus funcionários para ajudar o seu negócio a crescer. Isso pode ser caro para sua empresa no curto prazo. Entre o custo de materiais, treinamento e o tempo do empregado fora do escritório, pode ser difícil de digerir os custos. Mas tenha em mente que a longo prazo isso vai beneficiar os negócios de duas maneiras principais: como seus funcionários irão aumentar a sua base de conhecimento, eles terão mais experiência para fornecer à empresa e aos clientes. Além disso, funcionários que têm orientação, aprendizado contínuo e progressão na carreira são menos propensos a deixar a firma por outra oportunidade. Mostre a seus funcionários o quanto você valoriza-os investindo neles. Em última análise, o seu negócio e seus clientes vão ganhar.

Sobre Dena Enos

Dena é Vice-presidente de Marketing da LogoMix, uma plataforma self service para pequenas empresas que oferece serviços de marketing e desenvolvimento da marca que permite a criação de cartão de visita profissional em minutos. Ela tem comandado equipes globais na conquista de clientes, lidado com marketing de relacionamento com consumidores, atuado em gestão de marcas, relações públicas e mídias sociais. Conta com mais de dez anos de experiência como líder sênior desde startups até em empresas de capital aberto.

38 / 271

3 Comments

  1. Como calcular preço de venda com dicas simples | Empreendedorismo na prática 18 de julho de 2017 at 15:31

    […] de vendas você saberá como calcular o preço de venda. E por falar em custos, que tal conferir 5 dicas importantes sobre custos que vão ajudar o seu negócio a crescer? Aproveite, esse conhecimento está à sua […]

  2. Wilma 24 de fevereiro de 2018 at 14:56

    Preciso de um planilha para gerenciar o meu orçamento, minha renda vem de varios imóveis alugados e de aposentadoria peq. , já faço uso da planilha de contas a pagar e receber, vc teria uma planilha que eu pudesse gerir o orçamento mensal ? Obrigada

    1. Adrien Duarte 20 de julho de 2018 at 16:04

      Olá Wilma. Infelimente não temos uma planilha deste tipo. Mas temos muitas outras, além de muitos materiais educativos, que podem ser encontrados neste link: https://www.quantosobra.com.br/materiais-educativos/

      Abração. 😉

Deixe uma resposta

Gostou? Compartilhe com a sua rede!

Ajude seus amigos a também aprenderem mais de forma gratuita e vamos fazer do Brasil um lugar com melhores empresas!

Send this to a friend